MENU

Fortaleza vira a capital do Beach Tennis e mostra porque o esporte veio para ficar

O tênis de praia tem colecionado cada vez mais adeptos, entre amadores e profissionais. Já são pelo menos 20 mil praticantes e 150 arenas no Ceará.
Pepê é atualmente o número 1 do Ceará, de acordo com o ranking da FCTBT, e o nº 219 do mundo no ranking da International Tennis Federation (ITF) (Foto: Reprodução/Instagram)

O pé na areia que era o desejo dos feriados virou rotina, e o lazer da praia se transformou no prazer da atividade física. Essa mudança veio para muitas das pessoas capturadas pela onda do beach tennis, o tênis de praia. A prática tem ganhado cada vez mais adeptos em Fortaleza, e o boom nas arenas já é mudança notável na paisagem urbana da capital cearense.

A Federação Cearense de Tênis e Beach Tennis (FCTBT) estima que o Ceará já tenha em torno de 150 arenas e 20 mil praticantes do esporte. A associação destaca ainda que o beach tennis está crescendo de forma exponencial no Nordeste, que tem Fortaleza como uma das capitais pioneiras na prática no Brasil.

Parte desse fenômeno pode ser atribuída à atração natural do nordestino pelo sol, areia e atividade ao ar livre. Para a copywriter Lorena Fonseca, carioca radicada no Ceará, o pontapé inicial veio a partir de aulas na Praia de Iracema, perto da sua casa. “Comecei no beach tennis porque estava procurando algum esporte que eu nunca tivesse tentado ainda, nem mesmo na educação física durante a escola”, explica.

Praticando há dois meses, Lorena afirma que já consegue ver uma pequena evolução. “Eu confesso que achava que seria bem mais fácil de aprender, mas precisa de muita agilidade e técnica. Não é só pegar a raquete e ir. Quanto mais eu vou pegando o jeito, mais vou ficando interessada em aprender e talvez até participar de competições amadoras no futuro”, completa.

Hora do saque

Uma raquete, uma bolinha, três amigos e uma quadra na areia são os elementos básicos para se praticar o beach tennis. Para os mais entusiasmados e dispostos a investir na atividade, outros itens podem surgir, como viseira, faixa e óculos esportivos; além de equipamentos mais sofisticados: uma raquete profissional de primeira linha pode custar entre R$1.200 e R$2.500.

Além disso, para quem busca um aprendizado mais completo e guiado por um professor, as arenas oferecem aulas de beach tennis que costumam variar de R$200 a R$400 reais por mês. O valor final vai depender do tipo de aula: individual ou em grupo, turma infantil ou adulta, e também da duração do treino, e da frequência de aulas por semana. 

Oportunidade de negócio

A indústria do Beach Tennis tem se tornado muito atrativa, especialmente para os que se aventuram em empreender com o esporte. É o caso do empresário Olavo Lima, um dos sócios da arena Villa Beach Tennis, localizada na Aldeota. “Nós não temos dúvida que o beach tennis veio para ficar em nossa capital, observamos um crescimento ainda pujante de praticantes a cada mês”, avalia.

Além da afinidade com o beach tennis, os empresários levaram em consideração a oportunidade de negócio que se desenhava na cidade. “Observamos a alta procura pelo esporte, desenvolvemos nosso plano de negócio e fomos em frente”. Ainda assim, Olavo ressalta que o empreendimento não se mantém sem seus contratempos.

“Desafios são muitos, manutenção de um equipamento esportivo exposto a sol e chuva, onde diariamente demanda algum tipo de conserto; outro desafio é entender a necessidade de cada cliente nosso, seja aluno, locador de quadra ou cliente de day use e criar uma única forma de utilização, e os outros desafios normais de qualquer empresa no nosso país”, enumera o empresário.

Os sócios do Villa Beach Tennis: Rafael Cysne, Waguinho, Rodrigo Ponte e Olavo Lima, que observa um “crescimento ainda pujante de praticantes a cada mês”. (Foto Reprodução/ Instagram)

Campeonatos

Como muitos esportes, o beach tennis não só conquista a simpatia de amadores como é um campo de muito sucesso para atletas profissionais. Pedro Luca Lima, o Pepê, é atualmente o número 1 do Ceará, de acordo com o ranking da FCTBT, e o nº 219 do mundo no ranking da International Tennis Federation (ITF), órgão regulador do tênis mundial.

O início na prática veio em 2015, quando ainda havia pouquíssimos adeptos na cidade. “Comecei a brincar, a criar gosto, e a jogar vários torneios amadores não só em Fortaleza mas no Brasil todo”, lembra. Em questão de pouco tempo, Pepê ganhou destaque nacional, liderando as categorias amadoras até se tornar profissional em 2018.

“Hoje o Brasil é a maior potência do beach tennis, alguns dos maiores torneios do mundo são realizados aqui”, enfatiza o atleta. Ele afirma que o cenário competitivo é também muito forte no Ceará, que possui o próprio Circuito Cearense de Beach Tennis, além de grandes torneios como o TBT – The Best Three, que conta com grande estrutura e premiações.

O atleta Pedro Luca Lima, mais conhecido como Pepê, destaca que o beach tennis é um esporte muito democrático, que pode ser praticado independente de idade ou porte físico. “Comece a praticar. Você vai pegar o gosto, vai ver que é fácil, e, a partir daí, você vai querer evoluir e fazer aulas”. (Crédito: Vídeo UrbMidia)

Também não é à toa que a capital cearense é carinhosamente chamada de a “capital do beach tennis”. Exemplo disso é que, em novembro deste ano, Fortaleza irá sediar em um único evento duas etapas do campeonato mundial, a maior etapa do estadual e a Copa das Federações, que reunirá federações esportivas de todos os estados do país. 

Para Bruno Mallio, Diretor de Beach Tennis da FCTBT, a realização da Copa no Ceará foi muito sonhada. “Depois de oito anos acontecendo em Santa Catarina, a gente conseguiu junto à CBT o direito de organizar a Copa aqui, no Aterro da Praia de Iracema. Será uma mega estrutura para receber mais de seis mil pessoas, mais de dois mil atletas, e a gente tem a certeza que vai fazer algo memorável e histórico para o estado e para o beach tennis”, comemora.

E não é apenas de profissionais que se fazem os torneios de beach tennis: os amadores representam uma importante parcela desse público. “Ao longo do tempo percebemos que pessoas têm se interessado bastante em treinos para competição. Muitos nunca competiram na vida, nem mesmo na época de escola ou faculdade, e agora com o beach tennis, veem a oportunidade de sentir o gosto de uma competição”, explica o empresário Olavo Lima.

Além de diretor, Bruno Mallio também é atleta de Beach Tennis. (Foto: Diego Dutra/FCTBT)

Onde praticar

É unânime entre os entrevistados que muito do sucesso do beach tennis vem dele ser um esporte democrático, que pode ser praticado independente de idade ou porte físico. “Todas as pessoas conseguem jogar, conseguem evoluir, e isso naturalmente faz com que elas fiquem cada vez mais viciadas, querendo jogar cada vez mais”, explica Bruno Mallio.

Para quem tem interesse, o atleta Pepê passa sua principal dica: “Comece a praticar. Vá a uma praia, vá em algum clube e comece a praticar. Comece a se divertir, brincar, você vai pegar o gosto, vai ver que é fácil, e partir daí você vai querer evoluir e fazer aulas”, finaliza.

A FCTBT já contabiliza mais de 30 arenas de beach tennis devidamente registradas em Fortaleza. Aqui estão algumas delas pra você conhecer e já se jogar na areia:

Villa Beach Tennis
Endereço: Rua Jornalista Cesar Magalhaes, 707 – Patriolino Ribeiro
Quadras: 12
Instagram: @villabeachtennis
Contato: (85) 9.8206-5432
Day use: R$20,00 por pessoa | Seg a Qui, 9h às 16h / Sex 6h às 22h / Sáb 6h às 14h

Arena Santa Praia
Endereço: Av. Clóvis Arrais Maia, 3345 – Praia do Futuro
Quadras: 6
Instagram: @santa_praia
Contato: (85) 3879-5927
Day use: R$15,00 por pessoa | Seg a Dom, 9h às 17h

Arena Meireles
Endereço: R. Maria Tomásia, 37 – Aldeota
Quadras: 6
Instagram: @arena.meireles
Contato: (85) 9.9797-2608
Day use: R$20,00 por pessoa | Sex, 6h às 22h / Sáb, 7h às 19h; Dom, 8h às 16h (quadras externas)

Match Beach Tennis
Endereço: Rua Professor Dias da Rocha, 920 – Aldeota
Quadras: 10
Instagram: @match.bt
Contato: (85) 9.9135-8444
Day use: R$20,00 por pessoa | Sex, 16h às 22h / Sáb, 15h às 20h / Dom, 16h às 22h

Arena Aldeota
Endereço: R. Coronel Alves Teixeira, 929 – Aldeota
Quadras: 6
Instagram: @arenaaldeota
Contato: (85) 9.8886-6655
Day use: R$10,00 por pessoa | Sex a Dom, 16h às 22h

181
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
‘Evidências do Amor’, filme estrelado por Sandy e Fábio Porchat, tem ar de comédia romântica clássica
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Teresina não terá aumento da passagem de ônibus, anuncia secretaria
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)

Notícias relacionadas:

Design sem nome (15)
Esporte
Com direito a dança, Brasil bate Espanha na estreia do Handebol Feminino na Olimpíada 
Design sem nome (13)
Esporte
Rayssa Leal e time de skate são esquecidos na pista de competição das Olimpíadas 
Design sem nome (12)_Easy-Resize.com
Esporte
Ceará enfrenta o Botafogo-SP nesta quinta-feira (25) buscando se aproximar do G4 da Série B 
Fortaleza garante empate com o Criciúma fora de casa e mantém invencibilidade de 5 jogos
Esporte
Fortaleza garante empate com o Criciúma fora de casa e mantém invencibilidade de 5 jogos
logo-urbnews-redondo