MENU

Tatiana Weston-Webb não avança em J-Bay e Italo Ferreira abandona prova após lesão 

Quatro brasileiros seguem nas oitavas de final da etapa na África do Sul: Yago Dora, Gabriel Medina, João Chianca e Filipe Toledo.
A brasileira Tatiana Weston-Webb, campeã do Open J-Bay em 2022, perdeu na repescagem e está fora da etapa sul-africana. (Foto: Beatriz Ryder/WSL)

O Corona Open J-Bay, nona etapa do Circuito Mundial de Surfe 2023, segue a todo vapor na Baía de Jeffreys, África do Sul, onde é disputada desde a última quinta-feira (13). A janela de competição vai até o próximo dia 22.

Atual campeã feminina da prova, a brasileira Tatiana Weston-Webb teve seus percalços na primeira fase, tentou a repescagem nesta terça-feira (18) mas não conseguiu superar a australiana Stephanie Gilmore, que avança para as quartas de final da competição.

Também nesta manhã, Italo Ferreira, primeiro campeão olímpico da história do surfe, teve que abandonar sua bateria e ir direto para o hospital depois de aterrissar de mal jeito e lesionar o joelho direito. Pelas redes sociais, o potiguar agradeceu as mensagens de força e deu atualizações sobre seu estado.

“Eu tenho trabalhado bastante pra ser forte e evitar esse tipo de lesão, mas infelizmente existe o risco! Espero que não seja nada grave e consiga voltar o mais rápido possível, só que com outros planos! Porque eu não consigo alcançar o meu objetivo final”, escreveu.

Italo teve que abandonar sua bateria na repescagem por conta da lesão. (Vídeo: Reprodução/Twitter @WSLBrasil)
Pelas redes sociais, o surfista deu atualizações sobre seu estado de saúde. (Vídeo: Reprodução/Instagram @italoferreira)

Apesar de ter começado no dia 13 de julho, o Open J-Bay passou três dias sem disputas, em razão das fracas ondas, e foi reiniciado na segunda-feira (17). Toda a primeira fase masculina foi realizada antes da pausa. 

Dos seis brasileiros na competição, quatro já avançaram para as oitavas de final: Yago Dora, classificado com as melhores pontuações; Gabriel Medina; João Chianca; e Filipe Toledo, campeão mundial de surf em 2022. Caio Ibelli também estava na disputa, mas perdeu na repescagem.

Entre os homens, dois brasileiros já conquistaram o título em J-Bay: Gabriel Medina em 2019 e Filipe Toledo em 2017 e 2018. Bons resultados nessa etapa são cruciais para entrar no top 5 da WSL. Os surfistas terão mais duas oportunidades para se classificar à grande final da temporada em Trestles, na Califórnia.

As oitavas de final masculinas já estão acontecendo no restante da manhã desta terça-feira (18). O Open J-Bay é transmitido ao vivo no site da World Surf League, no SporTV3 e Globoplay. 

36
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

Design sem nome (16)_Easy-Resize.com_Easy-Resize.com
Com Arena Castelão entre os palcos, Brasil sediará a Copa do Mundo Feminina em 2027
Design sem nome (12)_Easy-Resize.com
Vagner Mancini reclama do campo da Arena Castelão em vitória do Ceará
foto site (52)
CBF suspende duas rodadas do Brasileirão por causa de cheias no RS
foto site (51)
Fortaleza empata com Boca Juniors aos 90 minutos e segue líder do grupo D na Sulamericana
logo-urbnews-redondo