MENU

Países europeus prometem alcançar US$ 100 bilhões para financiar clima

Cúpula entre União Europeia e Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos resultou em declaração final com importantes compromissos.
O encontro em Bruxelas reuniu 60 líderes dos dois continentes, incluindo o presidente Lula. (Foto: Ricardo Stuckert/PR)

A 3ª Cúpula da Comunidade de Estados Latino-americanos e Caribenhos (Celac) e da União Europeia (UE), realizada na Bélgica e encerrada nesta terça-feira (18), foi marcada por um cenário de aproximação entre europeus e latino-americanos. O encontro em Bruxelas reuniu 60 líderes dos dois continentes, incluindo o presidente Lula.

A declaração final da cúpula trouxe, entre seus mais de 40 pontos em diversos temas de interesse comum, um compromisso dos países desenvolvidos em conjunto para mobilizar US$ 100 bilhões por ano para o financiamento climático, bem como para apoiar os países em desenvolvimento e dobrar o financiamento para adaptação até 2025.

“Reconhecemos o impacto que as alterações climáticas estão a ter em todos os países, afetando particularmente os países em desenvolvimento e mais vulneráveis, incluindo os pequenos Estados insulares em desenvolvimento, no Caribe, as regiões ultra-periféricas da União Europeia, os países e territórios ultramarinos associados à União Europeia e países em desenvolvimento sem litoral”, consta na declaração.

A disponibilização de recursos por parte das nações mais ricas para financiar projetos de mitigação e adaptação em relação às mudanças climáticas é um ponto que tem sido alvo recorrente de cobrança de governos de países pobres e em desenvolvimento. 

Em seu discurso na abertura da cúpula, Lula voltou a criticar os países ricos por não cumprirem a promessa, feita em 2009, de destinar os US$ 100 bilhões ao ano para os países em desenvolvimento como forma de compensação pela crise do aquecimento global.

A declaração final da cúpula aborda ainda preocupações com a guerra na Ucrânia, a grave situação humanitária no Haiti, e a questão da Venezuela. O documento também reafirma diversos compromissos nas áreas de comércio justo, saúde, segurança pública, combate à pobreza e às desigualdades. A próxima cúpula Celac-UE deverá ser realizada em 2025, desta vez em algum país latino-americano ou caribenho.

37
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

Design sem nome (4)
Companhia aérea inaugura voos onde cães só viajam no banco e com serviço de bordo
Design sem nome (5)
Palco desaba em comício com candidato à presidência do México e deixa 9 mortos
Fotos-2-4
Procurador do Tribunal Internacional pede prisão de Netanyahu e líderes do Hamas
Fotos
Irã confirma morte de Ebrahim Raisi, e vice-presidente é nomeado chefe de Estado interino
logo-urbnews-redondo