MENU

Mais de 480 espécies de plantas e animais estão ameaçados de extinção na Caatinga segundo IBGE 

Estudo do IBGE analisou 3.220 espécies da Caatinga e concluiu que 15% correm o risco de desaparecimento. O bioma, localizado no Nordeste do País, está sendo duramente castigado por ações humanas e corre o risco de ter a fauna e flora extintas.
(Foto: ispn.org.br/biomas/caatinga/ameacas-a-caatinga/)

A Caatinga é um bioma exclusivamente brasileiro e compreende cerca de 11% do território nacional e 70% da Região Nordeste. É um dos biomas brasileiros que mais apresenta uma grande biodiversidade. Toda essa riqueza está ameaçada pela ação humana. Segundo dados da pesquisa Contas de Ecossistemas, divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a Caatinga tem pelo menos 481 espécies de plantas e animais com risco de extinção, o que torna o bioma o terceiro mais ameaçado à sobrevivência da fauna e flora no País, perdendo apenas para o Cerrado e para a Mata Atlântica, respectivamente. 

O estudo analisou 3.220 espécies da Caatinga e concluiu que 15% corre o risco de desaparecimento. O bioma conta com aproximadamente 5.311 tipos de plantas e animais únicos, como o famoso tatu-bola, a jaguatirica e o carcará. Outra pesquisa realizada pela Secretaria do Meio Ambiente e Mudança do Clima do Estado (Sema), informou que no Ceará, existem 55 espécies ameaçadas de extinção. Esses animais estão incluídos em uma chamada lista vermelha, que conta com cinco categorias: tartarugas marinhas, mamíferos marinhos, aves, anfíbios e répteis e mamíferos terrestres. 

Para tentar amenizar os danos ao ecossistema, a Associação Caatinga desenvolve diversas iniciativas para preservar o ecossistema. Entre elas está o projeto “RPPN: Conservação voluntária: gerando serviços ambientais”, que visa ampliar e aprimorar a gestão de áreas protegidas legalmente, com foco nas Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs). “Se engana profundamente quem acredita que a Caatinga é um bioma pobre, seu ecossistema é valioso e não é encontrado em nenhuma outra região do mundo”, destaca Samuel Portela, coordenador técnico da Associação Caatinga. 

Segundo Samuel Portela, entre as principais causas dessa devastação estão o uso de lenha como matriz energética e as queimadas para cultivos agrícolas. “Essas ações vão, aos poucos, diminuindo as florestas, matando as plantas e ameaçando o habitat natural dos animais”, explica o coordenador. O projeto ainda busca realizar a prospecção de áreas para a criação de futuras RPPNs, elaborar e revisar planos de manejo, realizar cursos de capacitação e apoiar a implementação das ações dos planos de manejo de unidades de conservação já existentes. 

Floresta branca 

O nome Caatinga que originou esta região tão rica, possui origem tupi-guarani e significa “floresta branca”. Essa denominação representa as características da vegetação desse ecossistema, cujas folhas caem no período da “seca”.O ecossistema, é o único bioma 100% brasileiro, com predomínio no Nordeste. Mas que por diversas ações humanas, como o uso de lenha para gerar matriz energética e as queimadas para cultivos agrícolas, seu rico patrimônio biológico está ameaçado.

43
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

foto site (39)
Inscrições para Enem 2024 começam na segunda-feira, dia 27
foto site berg (52)
IBGE: quase 94% da população brasileira se vacinou contra covid-19
Fotos
Magda Chambriard assume presidência da Petrobras após aprovação do conselho
Fotos (3)
Novo alerta de emergência para chuvas deve operar até dezembro no Sul e Sudeste
logo-urbnews-redondo