MENU

Hemoce realiza procedimento pioneiro no Nordeste de troca automatizada de sangue

O Hemoce é o primeiro e único hemocentro no Nordeste a possuir esse tipo de equipamento.
Raiza de Souza, de 20 anos, foi a primeira paciente a passar pelo procedimento no local. Ela teve um AVC aos 16 anos por causa de complicações da anemia falciforme. (Foto: Divulgação/Ascom Hemoce)

O Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce) realizou, nesta quinta-feira (3), o primeiro procedimento do Ceará de troca automatizada de sangue. Ele é o primeiro hemocentro do Nordeste a oferecer o serviço.

A eritrocitaférese é uma técnica que permite a troca de hemácias em pacientes com doença falciforme, indicados para o tratamento. O procedimento acontece na máquina de aférese, que retira as células do sangue que possuem a hemoglobina alterada e repõe as hemácias saudáveis para o organismo do paciente, por meio de transfusão.

Os pacientes com doença falciforme possuem hemácias com a hemoglobina S ao invés da hemoglobina A. Esta alteração dificulta a passagem do sangue pelos vasos, podendo levar a consequências como o acidente vascular cerebral (AVC).

Para estes casos, a técnica de troca automatizada é a mais indicada como tratamento preventivo para complicações da enfermidade. “A troca das hemácias não normais por saudáveis é bastante eficaz, pois a expectativa é reduzir para cerca de 20% a quantidade de células com hemoglobina S”, disse a hematologista do Hemoce, Cláudia Mota.

A paciente Raiza de Souza, 20, foi a primeira a passar pelo procedimento no local. Ela teve um AVC aos 16 anos por causa de complicações da anemia falciforme. Hoje é acompanhada pela equipe do Ambulatório de Coagulopatias e Hemoglobinopatias do Hemoce, onde realizava o tratamento convencional.

“Antes eu precisava fazer a retirada do sangue manual, que é a sangria terapêutica, e depois passava pelo processo de transfusão para receber novas células. Com o novo tratamento, além de fazer as duas situações no mesmo momento vou ter a possibilidade de retirar mais células defeituosas, então ganho na praticidade e na qualidade de vida, com menos riscos de AVC e outras complicações da minha doença”, relata a paciente.

A diretora de hematologia do Hemoce e gestora estadual do programa no Ceará, Luany Mesquita, destaca a importância do serviço para os pacientes do Ceará. “A disponibilização da eritrocitoaférese é um grande avanço para o tratamento desses pacientes. Proporcionará um tratamento mais efetivo, gerando maior qualidade de vida para esses pacientes” reforça.

Diagnóstico e tratamento

O diagnóstico da anemia falciforme se dá por meio do teste do pezinho, realizado logo nos primeiros dias de vida das crianças. Outra forma é o exame de sangue eletroforese de hemoglobina, feito nos pequenos com mais de seis meses e em adultos.

Quando a doença falciforme é identificada ainda na infância, os pacientes são encaminhados, via Central de Regulação, para o Hospital Infantil Albert Sabin (Hias), também da Rede Sesa. A partir dos 18 anos, o tratamento é realizado no Hemoce, que é a unidade responsável pela Coordenação Estadual do Programa de Atenção aos Portadores de Hemoglobinopatias.

Os pacientes adultos com doença falciforme são acompanhados no hemocentro em Fortaleza e nos regionais do Interior. A assistência é multidisciplinar, envolvendo hematologistas, assistentes sociais, ortopedistas, psicólogos e fisioterapeutas.

71
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

image (23)
Confira o que abre e o que fecha no feriado desta quinta-feira (30) em Fortaleza
foto site (45)
Empresárias miram o bem-estar íntimo feminino com lançamento de loja on-line em Fortaleza
foto site (1)
Chuva forte atrapalha trânsito nas ruas e avenidas em Fortaleza 
BPRE-da-PMCE-inicia-Operacao-Corpus-Christi-nesta-quarta-feira-29-2-1536x1025-1
Com 348 policiais, Operação Corpus Christi tem início nesta quarta-feira (29) no Ceará
logo-urbnews-redondo