MENU

Espanha e Inglaterra estrelam final inédita do Mundial feminino neste domingo (20)

Países buscam seu primeiro título na história da competição. Partida no Stadium Australia, em Sidney, começa a partir das 7h, horário de Brasília.
O troféu da Copa do Mundo Feminina FIFA, que será erguido por uma campeã inédita. (Foto: Reprodução/X @FIFAWWC)

O momento do mais importante do futebol feminino mundial acontece neste domingo (20): a grande final da Copa do Mundo Feminina FIFA da Nova Zelândia e Austrália. A partida será no Stadium Australia, em Sidney, com capacidade para 82,5 mil torcedores.

Disputam o título as seleções da Espanha e da Inglaterra, que não só nunca levantaram o troféu, como também são estreantes em finais do Mundial feminino. O jogo começa às 7h (horário de Brasília) e será transmitido ao vivo na TV Globo, no Sportv, no canal de Youtube CazéTV e também no FIFA+. 

A presença das inglesas na final é a continuação de uma ascensão no cenário mundial, com duas semifinais nas últimas duas edições e um título europeu no ano passado. A Espanha, por sua vez, é uma surpresa ao decidir o título estando apenas em sua terceira participação em Copas.

Nas quatro primeiras edições da Copa do Mundo feminina (1991, 1995, 1999 e 2003) a seleção inglesa esteve presente apenas uma vez, em 1995. Desde 2007, no entanto, conseguiu se classificar todas as vezes. Um detalhe interessante é que sempre que disputou a competição a Inglaterra conseguiu avançar de fase: foi até as quartas em 1995, 2007 e 2011, parou na semi em 2015 e em 2019 e agora chega à decisão.

Já a Espanha estreou em Copas femininas apenas em 2015, no Canadá. Naquela ocasião caiu no mesmo grupo do Brasil e terminou em último lugar na chave, atrás também da Coreia do Sul e da Costa Rica. Em 2019, na França, conseguiu avançar às oitavas, onde parou nos Estados Unidos, que acabaram vencendo a competição.

Domínio dos EUA

A seleção dos Estados Unidos, além de ser a maior vencedora da história da Copa do Mundo, com quatro títulos (1991, 1999, 2015 e 2019), é também a que chegou a mais finais: foram cinco, contando com a derrota para o Japão em 2011.

Na sequência, a Alemanha, vencedora em 2003 e em 2007, tem três participações em finais, já que perdeu a decisão de 1995 para a Noruega. Empatadas com duas decisões cada estão Noruega e Japão. As duas seleções têm um título e um vice-campeonato cada.

China, Suécia, Brasil e Holanda estiveram na final uma vez cada, sempre saindo derrotadas.

Com informações da Agência Brasil.

43
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
‘Evidências do Amor’, filme estrelado por Sandy e Fábio Porchat, tem ar de comédia romântica clássica
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Teresina não terá aumento da passagem de ônibus, anuncia secretaria
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)

Notícias relacionadas:

Design sem nome (15)
Esporte
Com direito a dança, Brasil bate Espanha na estreia do Handebol Feminino na Olimpíada 
Design sem nome (13)
Esporte
Rayssa Leal e time de skate são esquecidos na pista de competição das Olimpíadas 
Design sem nome (12)_Easy-Resize.com
Esporte
Ceará enfrenta o Botafogo-SP nesta quinta-feira (25) buscando se aproximar do G4 da Série B 
Fortaleza garante empate com o Criciúma fora de casa e mantém invencibilidade de 5 jogos
Esporte
Fortaleza garante empate com o Criciúma fora de casa e mantém invencibilidade de 5 jogos
logo-urbnews-redondo