MENU

Ônibus 100% elétricos em Fortaleza? Entenda a proposta que tramita na Câmara Municipal

Compra de 19 veículos seria feita com empréstimo no valor de R$ 50 milhões junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
No texto do Projeto, é destacado que três capitais brasileiras — São Paulo, Brasília e Salvador — já possuem ônibus elétricos em circulação nas suas frotas. (Foto: Governo do Estado de São Paulo)

Tramita na Câmara Municipal de Fortaleza um Projeto de Lei, encaminhado pelo prefeito José Sarto, que quer viabilizar a implantação de ônibus 100% elétricos na frota de transporte público da Capital, hoje integralmente constituída por veículos movidos a diesel.

A mensagem pede autorização de empréstimo no valor de R$ 50 milhões para a aquisição dos veículos junto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), que possui um programa de financiamento exclusivo para iniciativas de energia limpa.

Com esse valor, seriam adquiridos 19 veículos do tipo Padrón 12m, além da infraestrutura de recarga, composta por 10 carregadores distribuídos nos terminais do Antônio Bezerra, Papicu e Messejana. Inicialmente, os veículos seriam direcionados para as linhas de ônibus 026 – Antônio Bezerra/Messejana e 222 – Antônio Bezerra/Papicu/Antônio Sales.

Segundo a mensagem, a iniciativa adequa o sistema de transporte público para uma melhor qualidade do ambiente urbano, “reduzindo suas emissões de gases do efeito-estufa, como CO2, e poluentes associados a problemas respiratórios, como os gases do tipo NOx e materiais particulados em geral”.

A Prefeitura argumenta que a nova tecnologia também reduz custos operacionais, dado que o consumo energético é inferior ao de combustíveis fósseis. “Estimativas mostram que, em um período de 10 anos, o Custo Total de Propriedade de um veículo desse tipo pode chegar a ser 10% menor que o de um veículo tradicional movido a diesel”, aponta.

No texto do Projeto, é destacado que três capitais brasileiras — São Paulo, Brasília e Salvador — já possuem ônibus elétricos em circulação nas suas frotas e outras duas estão atualmente em fase de testes para implementação.

Aplicação do projeto

O objetivo da Prefeitura é atingir uma redução anual de aproximadamente 3.600 toneladas de gás carbônico (CO2) e 15 toneladas de óxidos de nitrogênio (NOx), com base nas linhas selecionadas. A modernização da frota seria feita seguindo as diretrizes da Política Nacional de Mobilidade Urbana (PNMU).

A ideia, desenvolvida pela Coordenadoria de Mobilidade Urbana da Secretaria Municipal da Conservação e Serviços Públicos (SCSP), faz parte do novo Plano de Acessibilidade e Mobilidade Urbana Sustentável da cidade, que pretende estimular o uso de transportes de energia limpa, promovendo a diminuição da emissão de gases poluentes.

Segundo a Prefeitura, a aplicação do investimento reforça o compromisso do município em zerar as emissões de gases do efeito-estufa até 2050, como defende o Race to Zero (Correndo ao Zero), agenda global promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU). 

48
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

Bp1A60IsPbDHot92 - frame at 0m21s
Lula diz que a “tendência é vetar” taxação sobre compras online: “muita bugiganga”
Design sem nome (9)
Comissão do Senado aprova castração química para reincidentes em crimes sexuais
Fotos (5)
TRE do Rio de Janeiro absolve Cláudio Castro e mantém seu mandato como governador
foto site - 1
STF proíbe desqualificação de mulher vítima de violência sexual
logo-urbnews-redondo