MENU

Fortaleza terá cobertura 5G da TIM em todos os 121 bairros, afirma Prefeitura

Para o prefeito José Sarto, a expansão da tecnologia representa a democratização do serviço e um estímulo ao crescimento da economia.
Com o investimento, as velocidades de navegação na Capital podem superar 1 Gbps, quase cem vezes maiores do que as registradas com o 4G. (Foto: Rodrigo Carvalho/PMF)

A operadora TIM está ativando o serviço de 5G para todos os 121 bairros de Fortaleza. Nesta quarta-feira (13), o prefeito José Sarto se reuniu com representantes da operadora, que destacaram o potencial de inovação da cidade como principal motivação para o investimento. 

Com o investimento, as velocidades de navegação na Capital podem superar 1 Gbps, quase cem vezes maiores do que as registradas com o 4G. Salvador (BA), Recife (PE), Brasília (DF), Curitiba (PR), São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ) também já contam com o 5G da TIM em todos os bairros.

Para Sarto, essa ampliação representa a democratização do serviço para moradores de todos os bairros. “A expansão do sinal 5G contribui com a qualidade de acesso à internet, proporciona melhor experiência e ainda estimula empreendedores que desejam investir em tecnologia nas comunidades, o que significa mais oportunidades e empregos”, enfatizou.

O prefeito de Fortaleza, José Sarto, e representantes da operadora TIM. (Foto: Daniel Calvet/PMF)

“Nosso objetivo é fornecer aos clientes uma cobertura robusta, que permita uma melhor experiência de conexão para pessoas e empresas. O 5G dá lugar de destaque à TIM, que é líder nessa tecnologia ainda recente, com presença em mais de 130 cidades e mais de 6 mil antenas instaladas no Brasil”, afirma Fabio Avellar, vice-presidente de Receitas da TIM.

“É com orgulho que comemoramos a ativação do 5G em todos os bairros de Fortaleza. A nova tecnologia pode apoiar o desenvolvimento da cidade e melhorar ainda mais a experiência dos nossos clientes”, comemora Marco Di Costanzo, diretor de Desenvolvimento de Rede da TIM Brasil.

Além dos benefícios para o consumidor final, o 5G impulsiona fortemente o mercado corporativo, porque viabiliza a chamada Indústria 4.0 e a utilização de soluções relacionadas à Internet das Coisas. A tecnologia também pode estimular o crescimento de importantes setores da economia, como educação, saúde, transporte e segurança, entre outros.

Também participaram da reunião o diretor comercial da operadora, Bruno Talento; o gerente de Redes, Gustavo Maciel; o gerente nacional de Relações Institucionais, Felipe Leão; o head de vendas corporativas, Sandro Cortez; o executivo de Contas Governo, Glayson Araújo; e a gerente de Marketing, Nathalia Cimi.

Com informações da Prefeitura de Fortaleza.

76
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

campanha-nacional-de-vacinacao-1200x800-1
Ceará inicia campanha de vacinação contra poliomielite no dia 25 de maio
foto site berg (31)
Sarto anuncia substituição da dupla Victor e Léo no São João de Fortaleza após pedido do público
FACHADA-UECE-2019-2
Uece: 2ª fase do vestibular acontece neste domingo (19) e segunda-feira (20)
foto site berg (25)
Forte chuva causa alagamentos em Maranguape, no Ceará; Prefeitura monitora áreas críticas
logo-urbnews-redondo