MENU

Rebeca e Flávia brilham e Brasil fecha participação histórica no Mundial de Ginástica

A Seleção Brasileira de Ginástica Artística Feminina sai com seis medalhas do Mundial da Antuérpia, na Bélgica, além da classificação para os Jogos Olímpicos de Paris.
O desempenho das ginastas brasileiras no Mundial da Antuérpia rendeu aclamação dos fãs de ginástica no Brasil e de todo o mundo. (Fotos: Comitê Olímpico Brasileiro e Confederação Brasileira de Ginástica)

A Seleção Brasileira de Ginástica Artística Feminina teve uma participação histórica no Mundial da Antuérpia. O Brasil fechou a campanha na Bélgica com o melhor resultado já conquistado, trazendo para casa seis medalhas, a classificação para os Jogos Olímpicos de Paris e a aclamação dos brasileiros e estrangeiros fãs do esporte.

Na manhã deste domingo (8), Rebeca Andrade, embalada pela nova coreografia com a música de Beyoncé e Anitta, somou 14.500 pontos e foi a segunda melhor no solo. Flávia Saraiva ficou com o bronze com 13.966 pontos. O ouro foi da norte-americana Simone Biles. Com isso, o Brasil colocou, pela primeira vez na história, duas atletas em um mesmo pódio de mundiais. 

Também neste domingo, último dia de competições na Europa, Rebeca Andrade alcançou 14.300 pontos nas finais da trave e levou o bronze. Este era o único aparelho que a campeã olímpica não havia conquistado medalhas em Mundiais. Simone Biles foi a melhor com 14.800 e a chinesa Yaqin Zhou ficou logo atrás com 14.700.

No sábado (7), Rebeca também brilhou e fez o que ninguém imaginava ser possível: desbancar o fenômeno do esporte, Simone Biles. Rebeca Andrade conseguiu o ouro no salto sobre a mesa ao obter a média 14.750. A norte-americana, que sofreu uma queda em um de seus saltos, o Biles 2, registrou 14.549. A sul-coreana Yeo Seojeong (14.416) completou o pódio. 

Nesta sexta-feira, 6, Rebeca conquistou a medalha de prata no individual geral, somando 56.766 pontos, ficando atrás apenas de Biles, que teve 58.399. A também americana Shilese Jones completou o pódio, com 56.332. Flávia Saraiva também competiu, mas teve problemas nas barras assimétricas e no solo, e acabou na 15ª colocação, com 52.699. 

Ao todo, foram sete vagas nas finais para a equipe brasileira no mundial, um feito por si só histórico. Além das vitórias individuais, o Brasil conquistou, na quarta-feira (4), a medalha de prata na competição por equipes. Rebeca Andrade, Flávia Saraiva, Jade Barbosa, Lorrane Oliveira e Júlia Soares somaram 165.530 pontos, ficando atrás apenas dos Estados Unidos (167.729).

O resultado é o melhor da história da participação brasileira na competição, superando o quarto lugar na edição de 2022, disputada em Liverpool. Ainda no início deste mundial, a Seleção Brasileira de Ginástica Artística Feminina assegurou sua classificação para os Jogos Olímpicos de Paris ao conseguir excelente desempenho na competição por equipes.

“É com grande satisfação que vemos o Brasil mais uma vez ocupando posições privilegiadas em competições importantíssimas. Isso sinaliza que temos grandes perspectivas de brilhar novamente nos Jogos Olímpicos de Paris. A Ginástica Artística do Brasil é uma realidade que nos orgulha, e premia o esforço de toda uma comunidade apaixonada por esse esporte no País”, disse a presidente da Confederação Brasileira de Ginástica, Luciene Resende.

16
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
‘Evidências do Amor’, filme estrelado por Sandy e Fábio Porchat, tem ar de comédia romântica clássica
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Teresina não terá aumento da passagem de ônibus, anuncia secretaria
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)

Notícias relacionadas:

IMG_3809
Esporte
Fortaleza enfrenta Atlético-GO neste domingo (21) na Arena Castelão 
Delegação -o-Brasil-nas-Olimpíadas-terá-maioria-feminina-pela-primeira-vez
Esporte
Delegação do Brasil nas Olimpíadas terá maioria feminina pela primeira vez 
Equipe_de_Ginastica_Artistica_na_base_do_Time_Brasil_em_St_Ouen_Foto_Gaspar_Nobrega_COB_3737f609e9
Esporte
Conheça os 276 atletas que representam o Brasil nas Olimpíadas de Paris 2024
Design sem nome (1)
Esporte
A 7 dias das Olimpíadas de Paris, conheça os esportes presentes na competição  
logo-urbnews-redondo