MENU

Natação brasileira encerra Pan-Americano de Santiago com 25 medalhas

A Natação brasileira encerrou sua participação no Chile com sete ouros, sete pratas e onze bronzes, além de vários recordes quebrados.
“Foi uma bela campanha de um time que mistura bem a juventude com a experiência", disse Felipe Domingues, head coach da seleção brasileira, sobre a campanha nos Jogos Pan-Americanos. (Foto: Satiro Sodré/SSPRESS/CBDA)

A Natação brasileira encerrou, nesta quarta-feira (25), sua participação nos Jogos Pan-Americanos 2023, disputado em Santiago, no Chile. Nossa delegação terminou a competição com 25 medalhas, sendo sete ouros, sete pratas e onze bronzes.

Quatro dessas medalhas foram conquistadas por Guilherme Costa, o “Cachorrão”, grande nome do time na capital chilena. Ele fechou sua participação com três ouros em provas individuais e uma com o revezamento 4x200m livre. Em três delas, recordes pan-americanos foram quebrados.

“Tentei controlar um pouco o ritmo na prova e sabia que o americano aceleraria antes dos últimos 500m. Então fui junto e acelerei no final para conseguir vencer. Saio dos Jogos Pan-Americanos com quatro ouros e meu objetivo concluído”, disse Cachorrão.

Guilherme Caribé também sai com a sensação de dever cumprido. Foram três medalhas de ouro e uma de prata. A última saiu com o revezamento 4x100m medley nesta quarta-feira. O atleta acredita que os Jogos Pan-Americanos tenham sido sua principal competição internacional da carreira.

“Fico muito feliz com a minha competição. Foram quatro medalhas, um desempenho muito bom e consegui vencer a minha prova. É a principal competição internacional da minha vida. Vou lembrar pra sempre dela com muito carinho”, falou.

Neste último dia, o Brasil também subiu ao pódio com Gabrielle Roncatto e Leonardo Santos, ambos nos 200m medley, e com o revezamento 4x100m medley masculino. Além disso, o Brasil garantiu dois bronzes, com Viviane Jungblut, nos 1.500 metros livre, e com Leonardo Coelho, nos 200 metros medley.

“Foi uma bela campanha de um time que mistura bem a juventude com a experiência. Tivemos alguns nomes se consolidando e alguns outros surgindo. Ficamos satisfeitos, mas querendo mais. Nosso próximo objetivo como seleção é o Mundial de Doha e queremos chegar fortes lá.”, finalizou Felipe Domingues, head coach da seleção brasileira.

Com informações da Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos.

13
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
‘Evidências do Amor’, filme estrelado por Sandy e Fábio Porchat, tem ar de comédia romântica clássica
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Teresina não terá aumento da passagem de ônibus, anuncia secretaria
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)

Notícias relacionadas:

Design sem nome (15)
Esporte
Com direito a dança, Brasil bate Espanha na estreia do Handebol Feminino na Olimpíada 
Design sem nome (13)
Esporte
Rayssa Leal e time de skate são esquecidos na pista de competição das Olimpíadas 
Design sem nome (12)_Easy-Resize.com
Esporte
Ceará enfrenta o Botafogo-SP nesta quinta-feira (25) buscando se aproximar do G4 da Série B 
Fortaleza garante empate com o Criciúma fora de casa e mantém invencibilidade de 5 jogos
Esporte
Fortaleza garante empate com o Criciúma fora de casa e mantém invencibilidade de 5 jogos
logo-urbnews-redondo