MENU

“Chega de guerras, elas destroem a vida”, diz o Papa no Cemitério de Guerra de Roma

O Papa Francisco deixou o Vaticano para visitar o local onde estão preservadas 426 lápides com os restos mortais de militares.
“Muitos jovens e idosos estão morrendo nas guerras ao redor do mundo, até mesmo perto de nós. Quantas mortes! Destrói-se a vida sem se ter consciência disso.”, afirmou o Papa. (Foto: Vatican News)

Na manhã desta quinta-feira (02), Dia de Finados, o Papa Francisco celebrou a missa de Comemoração de todos os Fiéis Defuntos no Cemitério de Guerra de Roma, entre os túmulos dos que morreram na guerra. Cerca de 300 pessoas estiveram presentes, sob sol e chuva forte.

Sentado numa cadeira de rodas e levando um buquê de flores brancas, o pontífice se dirigiu rumo ao gramado onde estão as 426 lápides do Cemitério de Guerra de Roma, cemitério que preserva os restos mortais dos militares da Comunidade dos Caídos, criado após a II Guerra Mundial.

“Hoje, pensando nos mortos, pedimos ao Senhor a paz para que as pessoas não se matem mais nas guerras. Muitos inocentes mortos, muitos soldados que ali perdem a vida. Isso porque as guerras são sempre uma derrota. Sempre”, disse o líder católico.

Em breve homilia, o Papa repetiu o que já vem dizendo desde a eclosão da guerra no Oriente Médio: “Muitos jovens e idosos na guerra do mundo, até mesmo perto de nós na Europa. Quantas mortes! Destrói-se a vida, sem consciência disso. Não há vitória total, não. Sim, um vence o outro, mas por trás disso está a derrota do preço pago.”

Memória e esperança

Na missa de Comemoração de todos os Fiéis Defuntos, o Papa disse que o momento traz dois pensamentos: memória e esperança. “A memória daqueles que nos precederam, que fizeram suas vidas, que terminaram suas vidas. Memória de tantas pessoas que nos fizeram bem, familiares, amigos, memória também daqueles que não fizeram tanto bem, mas que na misericórdia de Deus foram acolhidos, a grande misericórdia do Senhor”, pontuou.

Depois a esperança, repetiu o Papa: “Esta é uma memória para olhar em frente, para olhar o nosso caminho, a nossa estrada. Caminhamos para um encontro com o Senhor. Devemos pedir a graça da esperança… A esperança de todos os dias que nos leva adiante, nos ajuda a resolver os problemas”, completou.

Com informações de Vatican News.

16
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
‘Evidências do Amor’, filme estrelado por Sandy e Fábio Porchat, tem ar de comédia romântica clássica
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Teresina não terá aumento da passagem de ônibus, anuncia secretaria
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)

Notícias relacionadas:

Trump chama Kamala de lunática  radical em 1º comício desde desistência de Biden
Mundo
Trump chama Kamala de lunática radical em 1º comício desde desistência de Biden
President Biden addresses his decision to step out of presidential race - frame at 0m14s
Mundo
Defesa da democracia é mais importante do que qualquer cargo, diz Biden
Uma em cada 11 pessoas pode ter passado fome no mundo em 2023; Brasil tem saldo positivo
Mundo
Uma em cada 11 pessoas pode ter passado fome no mundo em 2023; Brasil tem saldo positivo
Após ataque de tubarão, perna de surfista é encontrada em outra praia na Austrália
Mundo
Após ataque de tubarão, perna de surfista é encontrada em outra praia na Austrália
logo-urbnews-redondo