MENU

Um em cinco jovens brasileiros de 15 a 29 anos não estuda nem trabalha, segundo IGBE

Em comparação com anos anteriores, o número de jovens “nem-nem” foi menor comparado a 2022 (20%) e 2019 (22,4%) (Foto: Paulo Pinto/Agência Brasil)

Um estudo divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta sexta-feira (22) atestou que uma parcela de 19,8% dos jovens entre 15 a 29 não estuda e nem trabalha. Esse grupo de pessoas também é chamado de “geração nem-nem”, e, em números totais, a porcentagem equivale a 9,6 milhões de brasileiros.

Por outro lado, o instituto constatou que 15,3% dos jovens trabalhavam e estudavam, 39,4% apenas trabalhavam e 25,5% apenas estudavam. Em comparação com anos anteriores, o número de jovens “nem-nem” foi menor comparado a 2022 (20%) e 2019 (22,4%).

Para Adriana Beringuy, pesquisadora do IBGE, o incremento das oportunidades de trabalho e investimentos na educação foram responsáveis pela diminuição dessa parcela de pessoas nos últimos anos, mas reforça que “essa população foi sendo reduzida mais pela via mercado de trabalho do que necessariamente pela educação”.

Adriana também explica que a prioridade para um jovem entre 15 e 17 anos é estar na escola, onde estará apto para adentrar no mercado de trabalho. Assim, a partir dos 18 até 24 anos, a intenção é que esta pessoa já esteja apenas trabalhando, e que possa intercalar ocasionalmente com os estudos, se desejado.

“O trabalho começa a competir com os estudos na vida desse jovem. Mas cresce também a condição de uma pessoa não estar trabalhando nem estudando. Por fim, de 25 a 29 anos, a gente tem quase 60% das pessoas voltadas integralmente para o trabalho”, afirma a pesquisadora do IBGE.

Os dados do instituto também apontam que, entre aqueles com a faixa etária apropriada para os estudos, 11,3% trabalhavam e estudavam, 2,3% só trabalhavam, 81,2% só estudavam e 5,1% não faziam nem uma coisa nem outra. Já para aqueles com 25 a 29 anos, 13,8% trabalhavam e estudavam, 59,2% só trabalhavam, 4,8% só estudavam e 22,3% não faziam nenhuma das duas coisas.

Com informações da Agência Brasil

21
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
‘Evidências do Amor’, filme estrelado por Sandy e Fábio Porchat, tem ar de comédia romântica clássica
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa

Notícias relacionadas:

NOTICIAS-12 (1)
Brasil
Microexplosão atinge município no interior do Rio Grande do Sul
image (54)
Brasil
Coqueluche: saiba mais sobre a doença que voltou a preocupar o mundo
image (53) (1)
Brasil
Corpo de cão Joca é cremado em São Paulo após 2 meses da sua morte em voo da Gol 
NOTICIAS-6 (14)
Brasil
Rio Grande do Sul anuncia fim da colheita de arroz e diz que não há motivo para importação
logo-urbnews-redondo