MENU

Governo do Maranhão e Eletrobras assinam acordo para produção de hidrogênio

Iniciativa deve atrair investimentos, impulsionar o desenvolvimento econômico e ainda reduzir os índices de pobreza no estado
Iniciativa deve atrair investimentos, impulsionar o desenvolvimento econômico e ainda reduzir os índices de pobreza no estado. (Foto: Divulgação)

O governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB), recebeu membros de várias entidades ligadas ao setor de energia limpa e sustentável para assinar o termo de parceria com a Eletrobras, estabelecendo um memorando de entendimentos para a produção de hidrogênio verde, nesta quarta-feira (2).

“A Eletrobras proverá a energia necessária, a energia verde das suas hidrelétricas, das suas linhas de transmissão, para que possamos alcançar esse objetivo, que é o objetivo da transição energética, que é o objetivo de criar a indústria do futuro. Muito satisfeito de ter assinado esse memorando de entendimento”, declarou o CEO da Eletrobras, Ivan Monteiro.

Segundo o Governo do Estado, a parceria visa aproveitar o potencial do estado para a geração de energia renovável e a produção de hidrogênio de baixo carbono e seus derivados.

“O Maranhão sendo pioneiro nesse processo nos primeiros estados do Brasil a assinar esse memorando para que a gente possa chegar mais cedo com o hidrogênio verde, conseguindo oferecer uma energia limpa e, acima de tudo, uma energia mais barata para as indústrias poder gerar mais emprego, mais oportunidade e mais renda”, afirmou Carlos Brandão.

Segundo o secretário de Estado de Desenvolvimento Econômico e Programas Estratégicos, José Reinaldo Tavares, o Maranhão reúne qualidades únicas na produção do hidrogênio verde. 

“O Maranhão tem as melhores condições do Brasil, talvez do mundo, para produzir hidrogênio verde barato. O hidrogênio verde, na hora que chegar a dois dólares e meio o quilo, vai dominar o quadro de energia no mundo. E o Maranhão tem condições de produzir a esse preço, talvez até menor”, afirmou o secretário. 

Já o vice-presidente-executivo da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão, Luiz Fernando Coimbra, explicou que a iniciativa deverá atrair investimentos, impulsionar o desenvolvimento econômico e ainda reduzir os índices de pobreza no estado.

“Histórico para o Maranhão, no momento em que a eletrobras mergulha praticamente aqui na geração de hidrogênio verde, que é o combustível do futuro, é o combustível que vai possibilitar uma transição energética, tranquila, embora possa ser um pouco mais longa, e a Federação das Indústrias está no seu papel aqui de apoiar incondicionalmente todas as ações do governo do Maranhão”, disse Fernando.

17
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

foto site berg (17)
Maranhão quer zerar número de pessoas sem RG no estado e fecha acordo com Governo Federal
foto site berg (15)
Burguer King é condenada pela Justiça do Maranhão por propaganda enganosa
foto site berg (13)
Inmet emite alerta de chuvas intensas com ventos fortes para o Maranhão
foto site (14)
Justiça do MA torna réu suspeito de matar estudante por lesbofobia
logo-urbnews-redondo