MENU

Dia das Mães deve movimentar R$ 40 bi no varejo; 78% dos brasileiros irão dar presentes

As principais presenteadas devem ser as mães (75%), seguidas esposas (18%), sogras (16%) e avós (12%)
Para o presidente da CNDL, José César da Costa, a data comemorativa demonstra a importância do investimento no setor comercial (Foto: Reprodução)

O Dia das Mães será comemorado no dia 12 de maio este ano, e a tradição de dar presentes permanece em alta. De acordo com pesquisa feita pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e pelo Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), cerca de 78% dos brasileiros deverão presentear alguém nesta data, o que deve movimentar R$ 40,21 bilhões nos segmentos de comércio e serviços.

As principais presenteadas por um grupo de mais de 128 milhões de pessoas devem ser as mães (75%), seguidas esposas (18%), sogras (16%) e avós (12%). Para 54% dos entrevistados, a justificativa para a preferência é em retribuição ao carinho e esforço das mães na criação e no compartilhamento do conhecimento para o mundo.

Por isso, de acordo com os brasileiros entrevistados, 35% esperam gastar mais este ano do que em 2023, 30% pretendem gastar o mesmo valor e 24%, menos. Entre as razões para gastar mais, 44% afirmam que irão comprar um presente melhor, 41% disseram que os produtos que querem comprar estão mais caros e 26% vão comprar mais presentes.

Para o presidente da CNDL, José César da Costa, a data comemorativa demonstra a importância do investimento no setor comercial. “O Dia das Mães é considerado pelo varejo a principal data comemorativa do primeiro semestre e a segunda mais importante do ano, perdendo somente para o Natal. O brasileiro tem a tradição de presentear e comemorar, por isso, a expectativa é de muita movimentação no comércio nos próximos dias”, afirma.

Presentes e orçamento

Em relação à preferência para os presentes, a pesquisa revela que os produtos campeões de venda devem ser as roupas, calçados ou acessórios (42%), perfumes (41%), cosméticos (26%) e chocolates (17%). As lojas físicas aparecem como o principal local de compras dos consumidores (74%), principalmente em shopping center (29%), shopping popular (16%), lojas de departamento (15%) e nas lojas de rua (14%).

Os dados também apontam que muitos brasileiros irão optar por parcelar e 4 vezes o valor das compras, 1 parcela maior do que em 2023. Cerca de 26% dos entrevistados pretendem estourar o seu orçamento para os presentes, algo que é alertado como perigoso pelo presidente da CNDL.

“A inadimplência do brasileiro tem batido recorde e isso acende um alerta em relação à importância do controle dos gastos nas comemorações. O consumidor deve priorizar o pagamento das contas antes de adquirir novas dívidas. Não vale a pena presentear e depois não conseguir pagar, causando impactos negativos no orçamento de toda a família”, orienta.

Além do planejamento financeiro pré-compra, a pesquisa aponta que 80% brasileiros buscam pesquisar os melhores preços antes de movimentar a conta bancária. A comparação é feita principalmente pela internet (80%), seja em sites/aplicativos (66%) ou nas redes sociais (43%). Já 62% fazem pesquisa de preços sem o uso da internet, ou seja, em lojas físicas, principalmente nos shoppings (42%) e em lojas de rua (29%).

16
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

Design sem nome (1)
Fortaleza e Sport se enfrentam por vaga na final da Copa do Nordeste neste Domingo 
foto site (36)
Caixa teme falta de recurso para financiar casa própria em 2025
foto site (35)
Com oito dias para acabar o prazo, mais de 30 milhões já entregaram Imposto de Renda
foto site (33)
Lula avalia vetar taxação federal de compras internacionais até US$ 50
logo-urbnews-redondo