MENU

Governo de Pernambuco obtém financiamento de R$ 1,7 bilhão pela Caixa

Os recursos serão utilizados em obras de infraestrutura, urbanização e saneamento no estado. A operação de crédito foi realizada com garantia da União.
A assinatura do contrato de financiamento ocorreu no Palácio do Planalto, com a presença da governadora Raquel Lyra, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidenta do banco, Maria Rita Serrano. (Foto: Antônio Cruz/ Agência Brasil)
A assinatura do contrato de financiamento ocorreu no Palácio do Planalto, com a presença da governadora Raquel Lyra, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidenta do banco, Maria Rita Serrano. (Foto: Antônio Cruz/ Agência Brasil)

A Caixa Econômica Federal e o governo de Pernambuco assinaram nesta quarta-feira (12), em Brasília, um contrato de financiamento no valor de R$ 1,7 bilhão. A cerimônia ocorreu no Palácio do Planalto, com a presença da governadora Raquel Lyra, do presidente Luiz Inácio Lula da Silva e da presidenta do banco, Maria Rita Serrano. Os recursos serão utilizados em obras de infraestrutura, urbanização e saneamento no estado. A operação de crédito foi realizada com garantia da União.

“O que a gente tem feito é um trabalho para conseguir alavancar novos investimentos que permitam a Pernambuco se reposicionar no cenário do Nordeste brasileiro e do Brasil”, destacou a governadora a jornalistas, após o evento. Segundo ela, as obras vão gerar emprego e renda no estado. “Para a gente enfrentar a desigualdade, que é o principal problema de Pernambuco, a gente precisa gerar oportunidades e alavancar investimentos a partir de obras.”

Entre os investimentos previstos, segundo Raquel Lyra, estão recursos para pavimentação e recuperação de estradas e rodovias, obras de acesso a água, construção de maternidades e requalificação de hospitais, além de compra de equipamentos para a área de segurança pública. O governo deverá executar essas obras de forma direta, por meio de licitação.

Os recursos foram obtidos pelo programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento voltado ao Setor Público (Finisa), uma linha de crédito operada pela Caixa, destinada a ações para o desenvolvimento sustentável dos municípios e estados e para a melhoria da qualidade de vida da população.

A expectativa do governo de Pernambuco é que dois novos financiamentos ainda sejam assinados este ano. Um deles é com a própria Caixa, no valor de R$ 650 milhões. Já outro pedido em andamento deverá ser assinado com o Banco do Brasil, no valor de R$ 900 milhões. Com isso, o estado pode chegar a investimentos de R$ 3,5 bilhões por meio de bancos públicos.

“Os bancos públicos brasileiros servem para ajudar a sociedade a se desenvolver de forma mais rápida, de forma decente e mais digna, de preferência emprestando dinheiro a taxa de juros mais compatíveis”, afirmou o presidente Lula, durante reunião com a governadora, representantes da Caixa e ministros do governo.

Por Pedro Rafael Vilela – Repórter da Agência Brasil – Brasília. Edição: Juliana Andrade

29
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

Modelo ajuste foto (19)
Moraes diz em despedida do TSE que atuou para romper cultura de impunidade das redes sociais
Alexandre de Moraes
Julgamento de fraude à cota de gênero em Granjeiro (CE) marca despedida de Alexandre de Moraes do TSE
Modelo ajuste foto (18)
Deputado usa bonecos para simular aborto em sessão do Congresso
Deputados em sessão do Plenário
Congresso mantém veto de Bolsonaro sobre crime de fake news em massa
logo-urbnews-redondo