MENU

Isenção de impostos em compras online causará 2,5 milhões de demissões

Índice faz parte de um estudo feito pela Confederação Nacional da Indústria e Instituto para Desenvolvimento do Varejo que foram levados ao ministro da Fazenda, Fernando Haddad
Juros do rotativo não pode ultrapassar o valor original da dívida do cartão. Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasil.

A isenção de impostos federais em compras feitas na internet de até US$ 50 vai causar cerca de 2,5 milhões de demissões, segundo o presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Andrade, e o presidente do Instituto para Desenvolvimento do Varejo (IDV), Jorge Gonçalves Filho.

As declarações foram dadas nesta quarta-feira (19), ocasião em que os dois representantes reuniram-se com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad para entregar um estudo com os possíveis impactos da medida, prevista para entrar em vigor em agosto. 

Conforme o levantamento, o varejo demitiria 2 milhões de trabalhadores até o fim do ano; e a indústria, 500 mil. Os presidentes solicitaram a volta da taxação dessa faixa de compra, para evitar prejuízos à economia.

“Para se ter uma ideia, são mais de 1 milhão de pacotes por dia que estão chegando com esse valor de até US$ 50. Eles estão chegando numa proporção que dará R$ 60 bilhões [em compras online] por ano. Só na indústria, fizemos uma estimativa que vamos perder 500 mil empregos, que representam R$ 20 bilhões da folha salarial”, declarou Robson Andrade.

O presidente do IDV, por sua vez, chamou a atenção para os riscos da entrada de produtos falsificados no Brasil. Isso porque, segundo ele, a Receita Federal não vai conseguir fiscalizar o volume de pacotes. “A isenção com esse valor virou um absurdo de falsificação, produtos que não se sabe de onde vem, que antes eram por pessoas físicas, pessoas jurídicas, perdeu-se o controle”, criticou Gonçalves.

O secretário-executivo do ministério da Fazenda, Dario Durigan, também participou da reunião, ele que é o número dois da pasta, afirmou que o encontro foi produtivo e prometeu fazer uma análise do levantamento. 

“O dado sobre o impacto nos empregos chama atenção, e o estudo tem dados muito consistentes nesse sentido. Como muitos têm acompanhado, a Fazenda tem normatizado esse tema para que a gente traga esse assunto à luz do dia, ele não pode ficar sem tratamento, sem compliance, como foi colocado”, disse Durigan.

44
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
‘Evidências do Amor’, filme estrelado por Sandy e Fábio Porchat, tem ar de comédia romântica clássica
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Teresina não terá aumento da passagem de ônibus, anuncia secretaria
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)

Notícias relacionadas:

Foto Valter Campanato/ Agência Brasil
Economia
Congelamento de R$ 15 bi no Orçamento será oficializado nesta segunda
Mega-Sena pode pagar hoje R$ 86 milhões
Economia
Mega-sena acumula de novo e prêmio vai para R$ 61 milhões
'Taxa das blusinhas' será cobrada a partir de 27 de julho por Aliexpress e Shopee
Economia
'Taxa das blusinhas' será cobrada a partir de 27 de julho por Aliexpress e Shopee
bd309042-62c7-4df5-a0de-cde06b7a99d9
Economia
Haddad anuncia que governo vai congelar R$ 15 bilhões do orçamento para cumprir marco fiscal
logo-urbnews-redondo