MENU

Em última sessão com Rosa Weber, STF deve definir tese final sobre marco temporal

Sessão desta quarta-feira (27) será marcada pela última participação da presidente da Corte, Rosa Weber, no plenário. Na quinta (28), Luís Roberto Barroso assume a presidência do STF.
A ministra Rosa Weber na despedida da presidência do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), nesta terça-feira (26). (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O Supremo Tribunal Federal (STF) deve definir, nesta quarta-feira (27), a tese final do julgamento que derrubou o marco temporal para demarcação de terras indígenas. A sessão está prevista para começar às 14h.

Na semana passada, por 9 votos a 2, o Supremo julgou inconstitucional o marco temporal, mas a conclusão sobre os demais pontos debatidos foi adiada. Entre os pontos que serão analisados hoje está a possibilidade de indenização a particulares que adquiriram terras de “boa-fé” e se o pagamento seria condicionado à saída de proprietários das áreas indígenas.

Também pode ser debatida a sugestão do ministro Dias Toffoli para autorizar a exploração econômica das terras pelos indígenas. Pela proposta, mediante aprovação do Congresso e dos indígenas, a produção da lavoura e de recursos minerais, como o potássio, poderiam ser comercializados pelas comunidades.

A sessão de hoje também será marcada pela última participação da presidente da Corte, Rosa Weber, no plenário. A ministra deixará o tribunal nesta quinta-feira (28), ao completar 75 anos e se aposentar compulsoriamente. A posse de Luís Roberto Barroso na presidência do STF será no mesmo dia.

A posse — que será transmitida ao vivo na TV Justiça, Rádio Justiça e pelo canal do STF no YouTube a partir das 16h — terá apresentação da cantora Maria Bethânia. São esperadas mais de mil pessoas para o evento. É possível que o presidente Lula não compareça, já que tem uma cirurgia no quadril marcada para sexta-feira (29).

Despedida a Rosa Weber

Formada em 1971, Rosa Weber é a primeira magistrada do direito do trabalho a exercer a presidência do STF. A ministra, que também preside o Conselho Nacional de Justiça (CNJ), foi homenageada nesta terça-feira (26), na segunda sessão extraordinária do CNJ em 2023, a última sob sua presidência.

A magistrada agradeceu as homenagens recebidas e, no discurso de despedida, comentou sobre o trabalho desempenhado em quase 12 anos como ministra do STF. Emocionada, disse ainda que tem sido tomada por um “mar de emoções” nos últimos dias, e não conteve as lágrimas.

“Não pode existir maior honra para uma magistrada de carreira do que exercer a jurisdição constitucional na Suprema Corte do nosso país e, sobretudo, porque nós temos uma lei fundamental, uma Constituição Federal Cidadã, que nos incentiva a todos e serve como norte na busca de uma sociedade mais justa, mais solidária, mais fraterna, mais igualitária”, destacou Rosa Weber.

10
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

Andre-Figueiredo-1-1024x630
Presidente nacional do PDT sai em defesa de Sarto: "melhor prefeito do Brasil"
Design sem nome (22)_Easy-Resize.com
TRE-RS perde 500 urnas eletrônicas, tem depósito inacessível com 15 mil e não descarta adiar eleição
Fotos (2)
Bolsonaro publica vídeo após sair do hospital; político estava há 12 dias internado
FILE PHOTO: The Netflix logo is seen on a TV remote controller, in this illustration
Regulação do streaming retoma guerra contra PL das Fake News após reação da oposição
logo-urbnews-redondo