MENU

Referência no País, Escolas Estaduais em Tempo Integral alcançam percentuais históricos no Governo do Ceará

PUBLIEDITORIAL Em 2024, o Ceará alcança a marca de 75% das escolas estaduais em tempo integral. São mais de 177 mil estudantes matriculados nessa modalidade
Nesse início de ano letivo de 2024, as escolas em Tempo Integral no Ceará aumentaram para 75% da rede estadual. Foto: Divulgação

PUBLIEDITORIAL | Uma jornada escolar que ocupa o dia inteiro e, nesse processo, fortalece a aprendizagem, melhora a segurança alimentar do estudante, previne a violência e abre novas possibilidades para a juventude. 

Essa é a proposta da Escola em Tempo Integral, iniciativa chave para a Educação do Governo do Ceará. Essa duradoura política educacional têm se tornado cada vez mais o padrão para as escolas da rede estadual, e foi ainda implantada nacionalmente com inspiração explícita no sucesso cearense. 

Nesse início de ano letivo de 2024, as escolas em Tempo Integral no Ceará aumentaram para 75% da rede estadual. No início da atual gestão, esse percentual era de 60%. A meta do Governo do Ceará é garantir a universalização deste modelo de ensino na rede pública estadual até 2026. Para atingir essa meta, novas escolas estão sendo construídas, bem como revitalizadas. 

Na rede estadual, a jornada ampliada está presente em 512 unidades educacionais. São 367 Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral, 132 Escolas Estaduais de Educação Profissional e 13 Escolas do Campo. Além disso, o Estado e Municípios cearenses também aderiram ao Programa Escola em Tempo Integral do Governo Federal. 

Atualmente, são mais de 177 mil estudantes matriculados nessa modalidade na rede estadual, dentre eles o jovem Kauê Alves, que está no 2o ano do Ensino Médio na EEMTI Visconde do Rio Branco, no Centro de Fortaleza. Para ele, um dos destaques do Ensino Integral é poder escolher uma disciplina eletiva do interesse do aluno. 

“Eu escolhi xadrez, mas eu também fiquei muito interessado em dança e artes em geral. Eu já passei por muitas escolas e essa é a primeira em tempo integral que eu fico. De começo eu senti um pouco a diferença de horário, mas com o tempo me acostumei”, conta o estudante. 

Um modelo de sucesso 

Cada escola em tempo integral oferta uma jornada diária de nove horas-aulas diárias, garantindo três refeições diárias. O currículo é composto por 45 horas semanais, que incluem formação geral básica e itinerários formativos, que compreendem disciplinas eletivas e projeto de vida. “Sou uma entusiasta do Tempo Integral. Aqui a escola se torna uma fábrica de sonhos, onde damos possibilidades para que os sonhos desses jovens cearenses se tornem realidade”, destaca a pedagoga Alnedi Costa, diretora da EEMTI Visconde do Rio Branco. 

“Hoje a Escola em Tempo Integral não é só horas a mais do aluno na escola, e sim trabalhar o ser humano como ser integral, que precisa de competências socioemocionais, cognitivas, mas que precisa ser um cidadão crítico e responsável”, completa a educadora. 

O Ensino Médio na rede pública estadual também oferece oportunidades de iniciação no mundo do trabalho, por meio da aprendizagem e da qualificação profissional, além de incentivar o desenvolvimento de habilidades de pesquisa científica, artístico-culturais e esportivas. 

Impacto nacional Destaque mais uma vez no Brasil, a educação pública cearense é líder nas matrículas de Tempo Integral no Ensino Fundamental, com 51,4% dos estudantes matriculados nessa modalidade de ensino, e o 3o do Brasil no Ensino Médio, com 49,1% dos jovens estudando em jornada ampliada. 

O percentual é maior do que a média do País, que é de 17,5% no Ensino Fundamental e 21,9% no Ensino Médio. Os dados fazem parte do Censo Escolar 2023, divulgado em 22 de fevereiro pelo Ministério da Educação (MEC) e Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), em Brasília. 

“Tempo integral é prioridade absoluta para nosso estado. Tenho muito orgulho da cultura de ensino nessa modalidade que estamos construindo no Ceará. Queremos que isso aconteça da creche até o final do Ensino Médio. Nosso objetivo é ser uma rede de educação de referência para o mundo”, comemorou o governador Elmano de Freitas. 

Cuidar das pessoas, transformar vidas 

As escolas em Tempo Integral são o tema do terceiro episódio da série publieditorial “Cuidar das pessoas, transformar vidas” da Urbnews, que dá nomes e rostos a pessoas cujas vidas foram mudadas para melhor com programas recentes do Governo do Ceará. 

Os episódios são lançados com vídeos completos no YouTube, além de chamadas nas telas e painéis DOOH por toda a cidade, Instagram, Facebook, TikTok e Twitter, e matérias contextualizadas no portal.

153
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

foto site berg (23)
Extrema Jaguar Land Rover recebe premiação e segue em 1º lugar como melhor concessionária da marca no Norte e Nordeste
centro-cearense-de-idiomas
Governo do Ceará promove o ensino de línguas estrangeiras em 22 Centros Cearenses de Idiomas em todo o Estado
centro-cearense-de-idiomas
Governo do Ceará transforma a vida de estudantes, como a Nayra Stefany, que aprendeu inglês no Centro Cearense de Idiomas
centro-cearense-de-idiomas
Governo do Ceará beneficia 12 mil alunos da rede estadual com ensino de línguas estrangeiras nos Centros Cearenses de Idiomas
logo-urbnews-redondo