MENU

Seleção Brasileira enfrenta o Uruguai nesta terça (17) pelas Eliminatórias da Copa

A partida acontece no tradicional Estádio Centenário, em Montevidéu, a partir das 21h. Convocação será a mesma com exceção de Danilo, que lesionou e foi substituído por Emerson Royal.
O jogador Gabriel Magalhães marcou seu primeiro gol pela Seleção na partida contra a Venezuela. (Foto: Vitor Silva/CBF)

A Seleção Brasileira irá enfrentar o Uruguai pela quarta rodada das Eliminatórias da Copa do Mundo 2026 nesta terça-feira (17), às 21h. A partida acontece no tradicional Estádio Centenário, em Montevidéu, e será transmitida ao vivo na Globo, Globoplay e Sportv.

Os convocados da Seleção serão os mesmos da partida contra a Venezuela, na última quinta-feira (12), com exceção de Danilo, que sofreu um problema muscular e foi substituído pelo lateral-direito Emerson Royal, do Tottenham.

O último jogo na Arena Pantanal terminou com o placar 1 a 1 e foi marcado por protestos da torcida, com direito a pipoca sendo jogada em direção a Neymar, que não gostou. Em entrevista pós-jogo, o técnico Fernando Diniz analisou a partida e lamentou o empate.

“Não achei que o time jogou mal. A gente criou chances para fazer o segundo, terceiro, quarto. E a gente não fez. E a gente cedeu contra-ataques que não deveria. No gol da Venezuela, principalmente, a gente falhou no que não deveria. Poderia ter ajustado a marcação e não oferecer a chance de o jogador finalizar. Não acho que a equipe fez uma partida ruim”, disse o treinador.

Para o confronto contra o Uruguai, Diniz afirma que não é possível fazer previsão. “A gente tem que estar preparado para todos os cenários. Existe uma tendência de que o Uruguai, até pela maneira com a qual o seu treinador gosta que o time jogue, de ser mais agressivo e marque mais adiantado. Tente propor mais o jogo. É uma previsão, mas a gente não sabe o que vai acontecer no jogo”, disse o treinador.

Apenas a Argentina, atual campeã da Copa do Mundo, segue com 100% de aproveitamento nas Eliminatórias Sul-Americanas. O Brasil, que teve duas vitórias em seus dois primeiros jogos (contra Bolívia e Peru), perdeu a liderança depois do empate na terceira rodada, e ocupa o segundo lugar da tabela, com sete pontos.

10
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)
Confira os horários das missas nas paróquias de Fortaleza durante a Semana Santa
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Nova série da Urbnews traz vidas transformadas por ações do Governo do Ceará

Notícias relacionadas:

GOaz6MhXUAAjyTZ
Brasil encerra Mundial de Atletismo com mais seis medalhas
Design sem nome (2)
Ceará enfrenta Chapecoense em busca de mais 3 pontos na Série B
Design_sem_nome_(10)
Lucas Paquetá pode ser banido perpetuamente por suposto conluio com casas de aposta 
Design sem nome (8)
Técnico do Ceará justifica derrota pela falta de finalizações efetivas na partida
logo-urbnews-redondo