MENU

Ceará vai receber R$ 2,3 bilhões em financiamento pelo BNDES nos próximos dois anos

Ainda em 2023, o banco afirmou que ainda deve liberar R$ 500 milhões de investimento para que obras no Ceará possam ser finalizadas a tempo
Ainda outros R$ 600 milhões devem ser liberados pelo BNDES para a implementação de novos trechos e o alargamento da BR-116 no Ceará (Foto: Divulgação/Governo do Estado)

Em reunião extraordinária entre o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Aloizio Mercadante, e o governador do Ceará, Elmano de Freitas, foi acordado o número de R$ 2,3 bilhões em financiamentos nos próximos dois anos para concluir obras no estado.

Ainda em 2023, o banco afirmou que ainda deve liberar R$ 500 milhões de investimento para que obras no Ceará possam ser finalizadas a tempo. Para 2024, está previsto o repasse de R$ 1,2 bilhão para duplicação do Eixão das Águas do Ceará. O projeto planeja levar águas do açude Castanhão para a região metropolitana de Fortaleza.

Ainda outros R$ 600 milhões devem ser liberados pelo BNDES para a implementação de novos trechos e o alargamento da BR-116 no Ceará, como também ficou acordado no encontro ocorrido na quarta-feira (18).

Elmano de Freitas celebrou os novos investimentos, e ressaltou a importância de políticas sustentáveis para o avanço social do Estado. “Os investimentos são essenciais na garantia da segurança hídrica do Ceará e para impulsionar a produção de energias renováveis, sobretudo, de Hidrogênio Verde, no processo de neoindustrialização com a nova matriz energética”, destacou.

“Os projetos apresentados pelo governador Elmano são de grande consistência técnica, o que permitirá uma tramitação acelerada e uma aprovação rápida dos financiamentos. Além disso, estão contemplados no novo PAC. Portanto, são uma prioridade absoluta do presidente Lula”, explicou Aloizio Mercadante.

Vale ressaltar que o governador já vem abordando a temática ambiental há algum tempo, e que até visitou o Complexo Industrial Porto do Pecém (CIPP) no fim do mês passado, em companhia do Ministro da Educação, Camilo Santana e do vice-presidente Geraldo Alckmin. Na ocasião, sua visão estava voltada aos investimentos no Hidrogênio Verde para o Ceará.

Essa visão foi levada em consideração para as negociações feitas durante o encontro, pois Mercadante e Elmano também conversaram sobre outras possíveis parcerias. As mais notáveis abordaram a mudança do modelo de compra de geradores pela população rural e o desenvolvimento de estratégias para alavancar a produção de H2V no próprio CIPP.

O H2V, mais conhecido como Hidrogênio Verde, se tornou um dos grandes investimentos sustentáveis do Ceará nos últimos anos.

15
Compartilhe:
Mercado
Clima/Tempo
Mais Lidas
Governo do Ceará combate a insegurança alimentar no Estado com o Programa Ceará Sem Fome
Ceará Credi transforma pessoas e a economia por meio de incentivo a pequenos empreendedores
Conheça as 8  fotos mais famosas do mundo e a história por trás de cada uma delas
Mais de 1000 Cozinhas Ceará Sem Fome levam alimento diário a famílias em todo o Estado
A história que você não conhece: a ligação de uma cidade cearense à Independência do Brasil
‘Evidências do Amor’, filme estrelado por Sandy e Fábio Porchat, tem ar de comédia romântica clássica
Prefeitura de Fortaleza é a primeira do Norte e Nordeste no ranking de matrículas na Educação Inclusiva
Teresina não terá aumento da passagem de ônibus, anuncia secretaria
Confira a programação de 13 de Maio, Dia de Nossa Senhora de Fátima, em Fortaleza, nesta segunda-feira
Relíquias de Santa Teresinha poderão ser visitadas por Fortaleza a partir desta quinta (25)

Notícias relacionadas:

Foto Valter Campanato/ Agência Brasil
Economia
Congelamento de R$ 15 bi no Orçamento será oficializado nesta segunda
Mega-Sena pode pagar hoje R$ 86 milhões
Economia
Mega-sena acumula de novo e prêmio vai para R$ 61 milhões
'Taxa das blusinhas' será cobrada a partir de 27 de julho por Aliexpress e Shopee
Economia
'Taxa das blusinhas' será cobrada a partir de 27 de julho por Aliexpress e Shopee
bd309042-62c7-4df5-a0de-cde06b7a99d9
Economia
Haddad anuncia que governo vai congelar R$ 15 bilhões do orçamento para cumprir marco fiscal
logo-urbnews-redondo